consultas

A consulta às cartas, bem como aos oráculos em geral, nos traz uma visão mais ampla da nossa vida e momento permitindo compreender quem  somos, o que temos à nossa disposição, nossos pontos fracos e fortes, como nossas ações afetam a nossa vida e como ela nos afeta. Ela nos mostra o que não conseguimos ver e, também, como estamos vendo as coisas.  Dessa forma podemos fazer todos os ajustes necessários para encontrarmos o nosso equilíbrio e aproveitar ao máximo as oportunidades.

 

Na consulta, nossos mistérios pessoais são revelados, iluminando e ampliando nossa consciência, permitindo-nos agir como co-criadores de nossas vidas, estando menos sujeitos aos acontecimentos. Nela resgatamos o nosso poder pessoal.

 

Mesmo sendo uma poderosa ferramenta de autotransformação, há limites que precisam ser conhecidos.

Ela não apresentará soluções mágicas para os seus problemas, entretanto, o ajudará a compreendê-los e escolher as melhores formas de resolvê-los.

 

Cabe a você, consulente, tomar suas próprias decisões. A função do cartomante é de lhe apresentar o que as cartas revelam, orientando-o em seu entendimento.

 

Nomes de pessoas, datas exatas e descrições pormenorizadas estão fora do alcance das consultas, porém, as informações que ela nos traz estão muito além disso.

 

Livre-arbítrio e Destino. Podemos mudar tudo?

 

Temos de ter em mente que nem tudo pode ser mudado. Há situações inevitáveis e isso faz parte da vida. Diante de tais situações as cartas podem orienta-lo na melhor forma de lidar com o inevitável, minimizando possíveis danos e aproveitando o que o momento tiver de melhor a oferecer.

 

O meu trabalho

 

A consulta tem a duração de uma hora. No primeiro momento faremos uma abordagem geral da sua vida, buscando o seu entendimento como um todo, identificando as questões mais urgentes.

A seguir, você poderá fazer todas as perguntas que achar necessárias, aprofundando o que foi visto na consulta geral ou explorando o que não se apresentou inicialmente.

 

Num terceiro momento, conversaremos sobre o que foi visto e fazer as reflexões necessárias e qualquer dúvida seja esclarecida. Esse é um pequeno momento terapêutico.

 

O limite das suas perguntas é o bom senso. Nem todas serão respondidas por dois motivos: situações em fase muito inicial ou que dependem de nossa ação direta pode se mostrar nebulosas não sendo possível obter uma reposta clara.

Perguntas invasivas e autodestrutivas não serão vistas.

Cabe a nós respeitarmos a privacidade dos outros, vendo  somente o que for relevante tendo como limite as situações que envolvem as partes, preservando a intimidade das outras pessoas. Nada mais que isso será permitido.

 

Dicas para uma boa consulta

 

Faça uma lista com as perguntas mais importantes. Outras dúvidas podem surgir ao longo da consulta, anote-as, também.

 

Evite interferir no momento da leitura. Há situações que nos afetam e queremos desabafar, porém essas interrupções podem prejudicar a sua consulta, reduzindo seu tempo e desviando a atenção de informações necessárias. Haverá um momento para que possa falar e desabafar.

 

A consulta tem duração de uma hora, por isso, organize-se para aproveitar o tempo disponível. Qualquer dúvida posterior será tirada numa nova consulta, com um novo valor pago, marcada com antecedência.

 

Os atendimentos presenciais acontecem no Rio de janeiro e online via Skype e o investimento é de R$220,00.

LENORMANDO © 2016 Alexsander Lepletier | Design por Luciana Lebel